Palestras de Astronomia do GEA

O calendário de palestras referente ao segundo semestre já estão disponíveis em: https://geaufsc.paginas.ufsc.br/2021/03/10/palestras/?preview=true 

Foto: ESO/M. Kornmesser/Reprodução

→ Buracos negros supermassivos e seus impactos sobre a evolução das galáxias
Palestrante: Prof. Daniel Ruschel Dutra (Planetário)
Data: 25 de novembro de 2022
Hora: 20h
Local: Planetário

Resumo:
Sabemos que toda a galáxia possui em seu centro um buraco negro com uma massa de milhões a bilhões de vezes a massa do Sol.
O acúmulo de correlações observadas entre as propriedades de bojos galáticos e dos seus respectivos buracos negros supermassivos (SMBH) sugere uma ligação entre a evolução dos dois.
Simulações hidrodinâmicas demonstram que a coevolução entre ambos é uma consequência natural do fluxo de material em direção ao centro da galáxia, provocando tanto a acresção que dá origem ao núcleo galático ativo (AGN), quanto favorecendo a formação de estrelas na região circum-nuclear pelo aumento da densidade do gás.
Em contrapartida, os ventos e a radiação advindas do AGN, fenômenos que em conjunto são conhecidos como feedback, podem suprimir a formação estelar, impondo um limite para a massa de estrelas da galáxia, um efeito que tem se provado necessário nas simulações cosmológicas.
Neste seminário apresentarei um resumo de como chegamos ao presente entendimento acerca dos SMBHs, e discutirei alguns pontos ainda não completamente esclarecidos relacionados à conexão entre o AGN e sua galáxia hospedeira, abordando principalmente três aspectos da pesquisa atual na área: 1) estudos observacionais do meio interestelar;
2) simulações computacionais de sistema dinâmicos; 3) análise de AGNs que apresentam grandes variações na sua emissão em períodos de anos ou menos.